Eu agradeço às minhas enfermidades

Normalmente o ser humano limita-se a ver a doença como algo ruim, que vem e causa fraqueza, problemas.
É muito importante entender que toda doença nasce no espírito. Ela começa pelas nossas crenças erradas, emoções negativas, bloqueios mal trabalhados, tudo o que atrapalha a nossa leveza de ser.

Mas é interessante perceber que ela não emerge como uma punição do corpo contra você. Ela é um chamado, um grito pra você ver o que não condiz com a sua evolução atual mas que, porém continua a sustentar em si.

A enfermidade é o berro do espírito de toda consciência que não quer ouví-lo.

Eu posso ter demorado muitos anos na minha vida para perceber as origens psico somáticas delas, porém, sempre percebi que, conforme elas iam indo embora (ex: gripes, catapora, laringite, faringite...), eu ia me sentindo em um estado de paz e graça, uma espécie de nirvana no processo de cura.

Nós tendemos a pensar que um espírito evoluído não adoece. Isso porque temos imagens de pessoas evoluídas, santidades e gurus sempre saudáveis. A questão é que a doença não vem conforme o seu grau de evolução - não importa se você está no level 15 ou no level 75 da sua evolução pessoal - ela vem conforme o tamanho da discrepância entre a sua evolução real e o como você tem se comportado.

Ou seja, de uma maneira vulgar, se você está no level 15 e se comporta como level 15, você está pleno em si mesmo, nenhuma doença virá. Mas se você está no level 75 e se comporta como um level 45, vão chover sintomas e doenças neste corpo o qual você habita.
Guardian's Grace por John Speaker

Até porque, quanto mais desperto e lapidado o ser, mais seu Espírito gritará para que ele desperte. Ou seja, o próprio subconsciente da pessoa ficará cada vez mais rebelde conforme esta negar a si mesma a melhor maneira de ser que ela já deveria estar exercendo.



Isso também justifica o porque de você não ter tido sintomas de algo à anos atrás e de repente, começar a ter agora, pedindo para você mudar. Porque há anos atrás você se comportava de acordo com o que sabia, mas amadureceu, experimentou, mesmo que por um segundo, uma maneira melhor de ser, porém cedeu ao hábito antigo e seu Espírito veio lhe dar a bronca.

Quando você descobre uma maneira melhor de ser, ou seja, mais conforme à essência divina de si mesmo, seu Espírito não aceitará mais que você rejeite isso. Não há volta, mas há doença para lhe chamar à caminhar.

Veja só, as células do seu corpo vivem trabalhando na temperatura ideal entre 36,5ºc e 37,5ºc, também conhecida como temperatura "ótima". Basta subir 0,5ºc ( para 38ºc) que a pessoa já entra em estado febril e isso começa a desnaturar suas células, uma espécie de cozimento que as faz irem perdendo suas funções. Em 42ºc ( cerca de 5,5ºc acima), o risco de morte é iminente.

Curiosamente, o organismo sustenta-se com menos perda a queda de calor. É preciso perder cerca de 15ºc para a morte por hipotermia.

Não é curioso, o organismo viver trabalhando à 0,5ºc de começar um hiperaquecimento? Ou seja, a temperatura "ótima" é sempre a máxima possível. O nosso organismo só aceita trabalhar devidamente no ótimo, no máximo, no melhor possível o tempo todo.

E assim é o nosso Espírito, exigente. Te quer no ótimo o tempo todo, o ótimo é o seu equilíbrio. O melhor de você é o seu tal "caminho do meio".

Por isso sou eternamente grata às minhas enfermidades. Pois meu Espírito sabe quem sou, ele confia em mim e me ama como ninguém. Ele quer o meu ótimo e irá exigí-lo. Ele irá falar comigo através de situações, de pessoas, de sonhos, ele tentará de tudo, até obrigar o corpo a doer para que eu possa enxergá-lo e entender que
" eu já tenho o direito e dever de viver melhor do que andei vivendo."

Quando uma pessoa denota tremenda recusa à compreensão à ponto de chegar à morte, ela disse para o Universo que essa tal experiência chamada "encarnação" na Terra, não estava sendo útil o suficiente para que ela pudesse amadurecer o que precisava.

Então o Espírito retira a alma do corpo, para que, em sua experiência astral, talvez ele consiga recuperar-se e compreender-se. Quem repete muito de ano, acaba trocando de escola, não é mesmo?

E quantas pessoas praticamente não usaram suas doenças "terminais e incuráveis" para provarem pro mundo que eram capazes de mudar e hoje estão por aí dando palestras e contando ao mundo sua história. Elas não são privilegiadas, são humanas como eu e você.

Por pior que pareça, por mais que doa, tudo nos é educação. Nesse mundo, tudo fala, tudo age pelo Espírito que nos move. Por isso, eu agradeço....

Eu agradeço à doença, agradeço à chaga, agradeço à enfermidade, agradeço à dor, agradeço à morte, agradeço à cada sinal de decadência que me foi bruscamente jogado na cara para que eu pudesse gritar ao Universo que eu quero viver e ser melhor.

Escutem os vossos corpos, escutem as doenças de quem você convive para compreender como chegaram ali. Libertem-se. Recuperem-se. Sejam o ideal que o Espírito de vocês tanto deseja.

Agradeço à atenção e uma boa 4ª feira de Cinzas para todos.
- Atenciosamente,
Maria Fernanda Balazs em colaboração aos mentores Zacarias Zadkiel e Hermesto Nathanael.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Gostou? Siga-nos no face: facebook.com/Alaluchi 
No Insta: @alaluchi
Veja nossa loja: Alaluchi.com.br

E o nosso serviço de tarot à distância!
https://alaluchi.blogspot.com.br/p/tarot.html
whats (11) 98722-2538





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A ESSÊNCIA DO CONVERSAR

CORAÇÃO AÇÃO - por HANIEL

Sabedoria de Bruxa Morgana sobre uso de Magia