A floresta dos fetos

- Me vi saindo de um buraco de uma moita em uma floresta cheia de pteridófitas verde lúcida e clara reluzente, recepcionada por um veado. Fi-lo carinho na àurea pelagem, ele era filhote. Estava em uma microdimensão de floresta ao redor de um lago azul vida com algumas folhas grandes flutuando tão iluminado que não se via nada abaixo de sua superfície.
  O veado ficou por ali enquanto eu sentia a essência do ambiente. A minha primeira impressão foi que aquele local continha a energia do brotar da vida, como o impulso inocente que faz as sementes germinarem.
  Tão logo vi fetos aparentemente inanimados dos seres da Terra emergirem em bolhas no centro do lago e se acumularem em suas bordas. Eles tinham espíritos diferentes, mas lhes faltavam a individualização da consciência, pois esta ainda era uma.( ainda eram plenos na Fonte )
  Descobri que aquele local, através do veado, cumpria a função de adicionar a consciência aos fetos os quais já habitavam úteros da nossa dimensão. Eles ficavam lá até amadurecerem (absorverem isso) e então eram engolidos pelo animal que não era nada menos do que a passagem destas almas conscientes para a recepção terrena. A consciência é o necessário para a vivência e aprendizado neste mundo para a expansão da consciência da Fonte, ou seja, para cumprirmos nossas missões.
  Quando um feto morria na Terra antes de alcançar sua consciência, este, no lago, afundava de volta ao seu desconhecido centro. Imagino que ele seja "reciclado" para nascer depois por outra mãe.-

 19/01/2013 Maria Fernanda B.

 Isso o que foi retratado, é uma fase de pré nascimento. Na nossa existência, viemos para a Terra onde nos esquecemos da vida espiritual e devemos rebuscá-la para cumprirmos nossa missão. Esse é o processo onde um indivíduo realmente encarna.

Por sensibilidade dos nossos antecessores, nas lendas Nórdicas, a àrvore da vida é dividida em três partes: a dos galhos (mundo dos Deuses), pertencente ao falcão; a do tronco( vida carnal), pertencente a veados; e a das raízes (submundo), pertencente à uma serpente. Os veados vivem se alimentando dos galhos divinos, ou seja, como o veado dourado e jovem, possuem a essência suprema. Eles também são ligados à vida terrena e habitam a passagem das almas à vida em direção à evolução ( expansão da Fonte e retorno ao céu/ paraíso/mundo dos Deuses).

  Mais informações aqui: http://pokemonadvancer.blogspot.com.br/2013/01/mitologia-nordica-yveltal-xerneas.html ( está bem resumido aqui )

 Muitas coisas podem existir de parecido entre as religiões, porém interpretadas de formas diferentes. Um outro exemplo, é a Bíblia dizer que o céu é feito de ouro quando o céu realmente é dourado, porém, associar Deus ao metal raro quando, na verdade, este nunca pediria para ser louvado por algo material, ainda mais tão limitado e inacessível à maioria. Louvar à Deus seria presenteá-lo com a energia dourada e pura da nossa própria evolução, isso é a riqueza real.

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A ESSÊNCIA DO CONVERSAR

CORAÇÃO AÇÃO - por HANIEL

Sabedoria de Bruxa Morgana sobre uso de Magia