A Terra é movimento, sigam-na! - por Jocasta de Ciphyrak PL.

 Boa tarde, me chamo Jocasta e vim um pouco de longe para conhecer a vida de vocês 

  Eu não sei bem como cada um enxerga a própria realidade na Terra, mas, eu, por mim mesma, vim contar o que percebi.

  A Terra é um planeta muito fértil e movimentado.
 Tem nuvens no céu e elas se movem com o vento, que é puro movimento também.

 Tem plantas maravilhosas que crescem do chão para o céu e se expandem para as profundezas também. E fazem isso muito rápido. Em um ciclo solar (dia) já podem estar despontando seu verde broto em qualquer terra que você puder olhar.



  Tem a água, muito magnética, que se movimenta pelo vento, pelo magnetismo da lua, da locomoção dos seres dentro dela e de qualquer outra alteração energética vinda do centro do planeta ou outras situações. A água é realmente muoto sensível e adaptável.


  Isso não significa que eu não conhecesse essas coisas. Só não as conhecia como são aqui. Muito do que vocês crêem ser universal sobre a matéria é, na verdade, ela moldada aos padrões de gravidade, pressão, nuclearismo e outras leis que funcionam em conjunto aqui.

  Essas leis estão configuradas dessa forma apenas aqui, na Terra. Os outros locais podem possuí-las, podem possuir outras mais, até menos e possuir em graus diferentes.

   Existem vegetações de outros locais, por exemplo, que se dissipam de maneira horizontal sobre o solo e não abaixo dele.

   Existem misturas biológicas diversas e campos gravitacionais variáveis que garantem períodos de estiagem aonde parte das coisas do planeta permanecem sobre o solo parte do ano e permanecem flutuando outra parte.

   Acho que, talvez, seja um pouco demais colocar essas informações para vocês. Afinal, o assunto de vocês é aqui e quem vive aqui e só pensa no que existe fora daqui acaba jogando a experiência da encarnação fora e tendo que reencarnar mais vezes para aprender a amar e entender aqui.

   Então, vamos ao que me chamou a atenção. Como eu disse, o planeta e os elementos daqui são regidos por muito movimento. Existem pontos de acúmulo, mas mesmo assim, a energia geral desse plano não permite que esse acúmulo densifique por tanto tempo.

   Percebam que, se vocês são cercados por uma natureza toda em movimento, bloquear esse fluxo é algo que só pode vir de vocês mesmos. Vocês vivem em construções hipersólidas, o que lhes garante sobrevivência, mas também estagnação.

   O cérebro de vocês possui o princípio do ego que é um coletor e padronizador de informação. Ele coloca as informações em caixas, generaliza, para guardar energia e se autopreservar.

   Mas o ego não funciona apenas dentro do instindo básico para não gastar mais energia do que se pode consumir. Ele cria esses padrões como sobrevivência emocional, incluindo padrões de crenças pessoais.

   Ou seja, de vocês crerem que é importante saber ler ou outra coisa para "ser alguém" nesse mundo, vocês vão criar cadeias de informação convergente para comprovar e firmar isso para vocês sempre - afinal, o cérebro tem que te lembrar de como sobreviver.

    Será que estou sendo clara para vocês? O universo flui, o natural é que vocês fluam com ele. A Terra flui em uma média veloz, seria natural que fluissem com ela - por isso as encarnações são tão curtas.

  Porque vocês tem todo o potencial e energia maior empurrando para vocês se transformarem e amadurecerem o que precisam conforme seus acordos pré encarnatórios

   Mas o ego de vocês foi ensinado apenas a sobreviver, então vocês buscam o cômodo, o parado, o previsível toda vez e bloqueiam o fluxo de informações novas. Logo entram em miséria de espírito e isso afeta a entrada de oportunidades novas, pessoas novas, recompensas financeiras.

    Vocês bloqueiam a entrada dessas coisas como dinheiro porque estão sempre tentando voltar ao conforto de alguma memória do passado. Nada no passado era parado, mas vocês guardam essa memória como uma fotografia, um padrão estagnado, um colo eterno no qual vocês querem retornar.

       Já pensaram se as sementes agissem assim? Não iriam ter flora, o solo seria cheoo de vidas inférteis e, principalmente, elas consumiriam a si mesmas até morrerem.

  É isso o que vocês NÃO devem querer pra si mesmos. Vocês precisam educar o ego de vocês de que crescer, mudar e arriscar coisas novas é um dos princípios da sobrevivência.

  O ego de vocês precisa associar a zona de conforto eterna como zona de risco de morte, perigo. Precisam entender que tudo só é vivo enquanto se expande e transforma.

   Se não fosse assim, seus corpos não cresceriam, os hormônios não se alterariam, os órgãos, as famílias não cresceriam em número no conceito da árvore genealógia - tudo o que os envolve cresce e muda e, também, deixam algumas partes morrerem, são descartadas, como dentes de leite, por exemplo.

  Não importa o quanto vocês tem de fé em algo maior ou não, a compreensão do que tem além da encarnação vai vir após a encarnação. É bom aprenderem, muito importante, mas é mais ainda essencial que não deixem mais errar no básico. E o básico é: Por que eu vim pra esse mundo então?

   Se estiver perdido, siga a natureza. Se não souber o que fazer, observe as plantas, as nuvens, a água, os animais, as massas de calor, o fogo, a terra...

   Sejam o mundo em que habitam, soltem as travas. Sejam isso tudo, é só trocar as crenças do que as pessoas perdidas impuseram à vocês pelas crenças reais, daquilo qua realmente funciona, dá certo e é próspero em si mesmo - as leis da natureza.

    Eu espero ter passado o que queria. Espero que compreendam. Não vim falar de mim aqui, vim tentar passar algo importante que percebi pra quem quiser me ouvir.

   Eu agradeço muito e espero poder voltar e ver mais frutas e plantas, mais alecrins e hortelãs e funchos e outras coisas mais.

- por Jocasta de Ciphryrak PL. 

Pela médium Maria Fernanda Balazs

   16h35 09/12/2017 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A ESSÊNCIA DO CONVERSAR

CORAÇÃO AÇÃO - por HANIEL

Sabedoria de Bruxa Morgana sobre uso de Magia